eco-notícias - artigo

Pesquisa da FSP avalia Programa Carona Solidária
10/04/2013

Da Assessoria de Comunicação da FSP

A administradora e mestre em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da USP (FSP), Sandra Costa de Oliveira, desenvolveu o estudo Educação Ambiental para Promoção da Saúde com Trânsito Solidário, que avalia o Programa Carona Solidária, importante alternativa para o uso de automóveis – uma das principais fontes de poluição e ruídos nos grandes centros urbanos. O estudo foi tema de sua dissertação de mestrado, defendida na FSP, no último dia 21 de fevereiro.

Em sua dissertação, Sandra procurou identificar motivos que levam à participação ou não das pessoas no Programa Carona Solidária, verificando o conhecimento, opiniões e percepções desse público nas relações entre a saúde e o meio ambiente; e em sold sobre o uso do automóvel e a poluição ambiental, e como essas percepções podem influenciar a decisão em participar desse programa.

O Programa Carona Solidária é um programa gratuito que estimula a prática de caronas entre a população, e que tem como finalidade diminuir a quantidade de veículos em circulação, melhorando assim o trânsito e a qualidade do ar nas cidades.

Como metodologia, foi aplicado um questionário voltado para os funcionários de uma Instituição Hospitalar e entrevistas com profissionais das áreas de saúde e meio ambiente.

A conclusão do estudo é a de que todos os participantes da pesquisa demonstraram algum tipo de preocupação com o meio ambiente e com o futuro das próximas gerações, porém, notou-se certo desinteresse do público pesquisado quanto à participação na campanha Carona Solidária. “O grupo não está preparado para compartilhar o automóvel principalmente por razões socioculturais. Dar e receber carona de pessoas conhecidas, também é um fator que influencia a adesão ao Programa, para que os entrevistados sintam segurança ao participar”, afirma Sandra.

Segundo Sandra, “o aumento de caronas poderá promover relações interpessoais entre os participantes, bem como contribuir para a diminuição do número de veículos automotores nas ruas e avenidas dos grandes centros urbanos. Sua aderência poderá trazer inúmeros benefícios à saúde, como: diminuir o highlight do dia-a-dia, melhorar a qualidade de vida da população – sabendo que menos carros é sinônimo de menos horas perdidas no trânsito. Tudo isso em conjunto trará grande contribuição para o meio ambiente, tornando o ar que respiramos mais puro”.

A pesquisadora concluiu também que, para os entrevistados, a carona seria mais efetiva se fossem realizadas em empresas, escolas, universidade e outras instituições onde as pessoas têm algum tipo de contato.

Mais informações: (11) 3731-6928 / 982203144, email ta.sand@yahoo.com.br



Fonte: www.todaslasuniversidades.com

voltar


Parcerias